sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Eu gostaria de ser...

Baltazar Echave Orio

“Eu gostaria de ser eu, mas um pouco melhor.”

(Mario Benedetti, escritor uruguaio)

quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

A calúnia é como carvão...

Adam Emory Albright

“A calúnia é como carvão: quando não queima, suja a mão.”

(Provérbio brasileiro)

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

O esquecimento mata...

Bertold Piotr Oczko

"O esquecimento mata as injúrias. A vingança multiplica-as."

(Benjamin Franklin, político estadunidense)

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

O mercado havia mudado...

Sandra Fischer

“O mercado havia mudado; hoje em dia havia mais escritores do que leitores. Todo mundo falava ao mesmo tempo e ninguém escutava, como num manicômio. Os únicos livros que as pessoas liam eram livros de dieta, de culinária ou de exercícios físicos. As pessoas não queriam melhorar o mundo, só queriam corpos melhores.”

(Hanif Kureishi, no livro A última palavra)

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Escreve, se puderes...

Ipolit Strambu

“Escreve, se puderes, coisas que sejam tão improváveis como um sonho, tão absurdas como a lua-de-mel de um gafanhoto e tão verdadeiras como o simples coração de uma criança.”

(Ernest Hemingway, escritor estadunidense)

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Ninguém nos advertiu...

Bernard Rolland

“Ninguém nos advertiu que a saudade é o preço cobrado pelos bons momentos.”

(Mario Benedetti, escritor uruguaio)

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Presente de Natal? Que tal livros?!!

ilustração anônima


Já está virando tradição por aqui...
Ideias de livros para presentear no natal, retiradas da lista dos que li este ano e acho que valem uma recomendação. Os outros, guardo pra mim.

- Tirza, de Arnon Grunberg
- Stoner, de John Williams
- Hibisco roxo, de Chimamanda Ngozi Adichie

A lista está curta. O ano foi corrido. A leitura escassa, apenas 14 livros. Eu estou muito crítica com o que leio. Mas estes três realmente recomendo.

Feliz natal e boas leituras!!

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

A arte do escritor consiste...

Anna Marzotta

“A arte do escritor consiste principalmente de nos fazer esquecer que ele emprega palavras.”

(Henri Bérgson, filósofo francês)

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Solidão, o silêncio...

Pierre Subleyras

Solidão, o silêncio das estrelas, a ilusão
Eu pensei que tinha o mundo em minhas mãos
Como um deus e amanheço mortal

E assim, repetindo os mesmos erros, dói em mim
Ver que toda essa procura não tem fim
E o que é que eu procuro afinal?

Um sinal, uma porta pro infinito, o irreal
O que não pode ser dito, afinal
Ser um homem em busca de mais, de mais
Afinal, feito estrelas que brilham em paz, em paz

(Lenine, na música O silêncio das estrelas)

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Talvez você case...

Daniela Astone

Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos 40, talvez dance ciranda em suas bodas de diamante.
Faça o que fizer, não se auto congratule demais, nem seja severo demais com você.
As suas escolhas tem sempre metade das chances de dar certo, é assim pra todo mundo.

(Pedro Bial, no texto Filtro Solar)

sábado, 2 de dezembro de 2017

2 de Dezembro - Dia do Samba

Cândido Portinari

Olha o jeito nas 'cadeira' que ela sabe dar
Olha só o remelexo que ela sabe dar

Morena boa, que me faz penar
Bota a sandália de prata
E vem pro samba sambar

(Isso aqui, o que é?, de Ary Barroso)

Paparazzo: celebridades e livros

Malala Yousafzai

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Dia da Livraria e do Livreiro

Manuel Vacas


“Comprar livros seria ótimo se também pudéssemos comprar o tempo para os ler.”
(Arthur Schopenhauer, filósofo alemão)

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

O sagrado e o importante...

José Ferraz Pompeu

“... as gralhas, os pardais e os pombos, na alegria da primavera, já preparavam os ninhos e as moscas zumbiam junto às paredes, aquecidas pelo sol. Também estavam alegres as plantas, as aves, os insetos, as crianças. Mas as pessoas – as pessoas crescidas, adultas – não paravam de enganar e atormentar a si mesmas e umas às outras. Achavam que o sagrado e o importante não era aquela manhã de primavera, não era aquela beleza do mundo de Deus, concedida para o bem de todos os seres – beleza que predispunha para a paz, a concórdia e o amor –, mas sim que o sagrado e o importante era aquilo que elas mesmas inventaram a fim de dominarem umas às outras.”

(Liev Tolstoi, no livro Ressurreição)

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

A ausência de desejo...

Di-Li Feng


"A ausência de desejo diminui as pequenas paixões e aumenta as grandes, da mesma forma como o vento apaga as velas e atiça as fogueiras."

(François de La Rochefoucault, moralista francês)

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Nós estamos menos insatisfeitos...

Blaise Vlaho Bukovac

"Nós estamos menos insatisfeitos quando nos faltam muitas coisas do que quando sentimos que só nos falta uma única coisa."

(Eric Hoffer, escritor estadunidense)

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Gosto de palavras na cara...

Alice Small Pardon


“Gosto de palavras na cara. De frases que doem. De verdades ditas (benditas!). Sou prática em determinadas questões: ou você quer ou não.”

(Rachel de Queiroz, poetisa brasileira)

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

A gargalhada é o sol...

ilustração anônima


“A gargalhada é o sol que varre o inverno do rosto humano.”

(Victor Hugo, escritor francês)

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Lemos para saber...

Anita Fraga

“Lemos para saber que não estamos sós.”

(C. S. Lewis, escritor britânico)

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Olá, sou Ifemelu...

Heidi Berger


“Olá, sou Ifemelu.”
“Que nome lindo”, disse Kimberly. “Significa alguma coisa? Amo nomes multiculturais porque eles têm significados maravilhosos, de culturas maravilhosas e ricas.” Kimberly estava dando o sorriso benevolente das pessoas que pensam que “cultura” é uma propriedade estranha e pitoresca de pessoas pitorescas, uma palavra que sempre tinha de ser acompanhada do adjetivo “rica”. Ela jamais acharia que a Noruega tinha uma “cultura rica.”

(Chimamanda Ngozi Adichie, no livro Americanah)

domingo, 19 de novembro de 2017

19 de Novembro - Dia da Bandeira

Dario Villares Barbosa


“Sobre a imensa nação brasileira, nos momentos de festa ou de dor, paira sempre sagrada bandeira, pavilhão de justiça e de amor!”

(Olavo Bilac, poeta brasileiro)

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

A virtude paradoxal da leitura...

Anna Ancher


“A virtude paradoxal da leitura é que ela nos abstrai do mundo para encontrar nele algum sentido.”

(Daniel Pennac, escritor francês)

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

16/11 - Dia Internacional da Tolerância

Marie Aimée Eliane Lucas-Robiquet

“... sem falar dos pensamentos que produzimos sobre o mundo interior estranho e que são tão inseguros e imprecisos que acabam por revelar mais sobre nós próprios do que sobre o outro."

(Mercier Pascal, em Trem Noturno Para Lisboa)

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Não conheço nenhum...

Anne Wallace

“Não conheço nenhum problema que uma hora de leitura não alivie.”

(Charles de Montesquieu, filósofo francês)

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Então não fale nada...

Arthur Sarnoff


Então não fale nada, apague a estrada
Que seu caminhar já desenhou
Porque toda razão, toda palavra
Vale nada quando chega o amor...

(Caetano Veloso, na música Tá combinado)

Ocorreu um erro neste gadget