quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Os livros servem para mostrar...

Henri Matisse

“Os livros servem para mostrar a um homem que os pensamentos originais que teve não são, afinal de contas, tão novos.”

(Abraham Lincoln, ex-presidente dos Estados Unidos)

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Poderão as mulheres...

Danielle Klebes James

Poderão as mulheres não os terem amado,
Podem ter sido traídos - mas ridículos nunca!
E eu, que tenho sido ridículo sem ter sido traído,
Como posso eu falar com os meus superiores sem titubear?
Eu, que venho sido vil, literalmente vil,
Vil no sentido mesquinho e infame da vileza.

(Álvaro de Campos, heterônimo de Fernando Pessoa, em Poema em Linha Reta)

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Eu estava destinado a ser...

William Glackens

“Eu estava destinado a ser um grande editor”, diz a Kaisa através do espelho, “mas sabe o que aconteceu? Não me tornei grande. Perdi a ambição, perdi a fé. Minha ambição era minha fé. Uma pessoa sem fé não é muito. Endurecido, isso sim, blindado. Um tanque. Olhe para nós, Kaisa. O que somos? Pessoas sem fé. Ainda que tenhamos um ao outro. Eu flutuava pelo espaço, não me apegava a ninguém. Até aquele momento em que você pegou na minha mão, lá perto do semáforo. Então fiquei preso a você. É assim. Você poderia ter pegado outra mão, mas pegou a minha. O que você pensou, Kaisa? O que viu quando eu passei? Foi o meu chapéu? Já tinha falado com muitas pessoas naquele dia?”
Vai com ela para a cidade. Ela descalça, ele de sandálias. Aqui e ali para num cruzamento e pergunta: “Para onde estamos indo, Kaisa?” Ela então o puxa na direção que, de acordo com ela, é a melhor. Almoçam num posto de gasolina e às quatro bebem uma Coca-Cola num clube de bilhar. De vez em quando Hofmeester diz alguma coisa, sobre sua filha, seu trabalho, a África. Kaisa escuta sem dizer nada.

(Arnon Grunberg, no livro Tirza)

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

O silêncio é a bandeira branca...

Peter Ilsted

“Atta dá uma risada por nervosismo.
Hofmeester sente que o está colocando contra a parede. Gosta de colocar as pessoas contra a parede. Porque tem medo delas. Porque não sabe como lidar com elas. Em outros tempos, também pôs suas filhas contra a parede. Verbalmente, apenas verbalmente, para torná-las mais fortes. Para expandir o vocabulário delas, para ensiná-las a arte da argumentação. Para ele, a língua é acima de tudo um meio de cercar as pessoas, de colocá-las contra a parede, de lhes tirar o último recurso. A língua. Um grande experimento de humilhação. Talvez por isso se tenha tornado silencioso. Por respeito. Como forma de rendição. O silêncio é a bandeira branca.”

(Arnon Grunberg, no livro Tirza)

domingo, 13 de agosto de 2017

Dia dos Pais

Leonid Afremov

Pai, preste atenção,
só ‘tou pedindo uma coisa:
me dê a mão.

(Ziraldo, em O Pequeno Livro de Hai-Kais do Menino Maluquinho)

sábado, 12 de agosto de 2017

Paparazzo: celebridades e livros

Érico Veríssimo e os filhos
Luis Fernando e Clarissa

12 de Agosto - Dia Nacional da Arte

Evard Munch

“O principal problema da arte contemporânea é que se confundiu expressão com arte. Perdeu-se a noção de que uma coisa pode ser expressiva sem ser arte. Por exemplo: se eu dou um grito, isso é expressão, mas não é arte. Para que esse grito se torne arte, é preciso que eu o transforme num poema, ou que um pintor como Munch faça um quadro como O Grito, em que aquilo vira uma obra plástica. Se eu me sentar no chão em cima de terra, mesmo que seja no museu, não é obra de arte. Pode ser uma atitude, uma performance adotada como protesto, como manifestação, mas não é obra de arte.”

(Ferreira Gullar, poeta e crítico brasileiro)

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Dia do Estudante



Nenhum dinheiro, no mundo,
vale mais que a educação:
pois ela é um cesto sem fundo,
sempre a desejar mais pão…

(Clevane Pessoa de Araújo Lopes)

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Homenagem aos 105 anos de nascimento de Jorge Amado

Aldinho Mendonça

“Não sou religioso (...) mas tenho assistido a muita mágica, sou supersticioso e acredito em milagres, a vida é feita de acontecimentos comuns e de milagres.”

(Jorge Amado, escritor baiano)

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

No momento minha reputação...

Vicki Shuck

“No momento minha reputação é péssima, e isso devido a incidentes que realmente aconteceram: problemas com seguranças em shows, violência física e verbal de minha parte, instabilidade emocional, escândalos públicos, e tudo por conta de drogas e álcool. Me sinto envergonhado e confuso por tudo isso e muitas vezes me questionei, por me sentir culpado de não estar sendo um bom exemplo para a juventude. O que eles parecem querer, no entanto, é um ‘mau’ exemplo — um bêbado drogado que por acaso consegue ter a sensibilidade para fazer música que vai direto ao coração de cada um. De dois meses para cá, quando cheguei ao ‘fundo do poço’, a imprensa começou a acompanhar meu caso com o interesse mórbido e sensacionalista próprio dos meios de comunicação de massa, e me dói muito ver meu rosto, nome e vida estampados nos jornais, junto com toda a vergonha e insanidade de meus atos. E tudo tem um fundo de verdade, já que realmente cheguei a perder o controle de minha vida — me sinto péssimo com isso.”

(Renato Russo, no livro Só por hoje e para sempre – Diário do recomeço)

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Esta vida é uma estranha...

Edward Hopper

“Esta vida é uma estranha hospedaria,
De onde se parte quase sempre às tontas,
Pois nunca as nossas malas estão prontas,
E a nossa conta nunca está em dia.”

(Mário Quintana, em Esconderijos do tempo)

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Um bom livro é...

James-Jacques-Joseph Tissot

“Um bom livro é aquele que é aberto com grande expectativa, e fechado com deleite e proveito."

(Amos Bronson Alcott, pedagogo estadunidense)

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Mesmo quando tudo pede...

Chen Bolan

Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não para

Enquanto o tempo
Acelera e pede pressa
Eu me recuso, faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara

(Lenine, na música Paciência)

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Tudo o que é bonito...


“Tudo o que é bonito e não tem com quem dividir dói por dentro. Pássaros na janela, bolinho de chuva, lua cheia, um filme sensível, um livro feito de suspense, a neblina cobrindo o rio, as estrelas no alguidar da noite, uma orquídea brotando sua pétala de colher. Tudo o que é lindo se não é partilhado sufoca, cria ansiedade, maltrata a solidão. Não temos como segurar a beleza muito tempo dentro da gente, senão ela vira dor muscular, tensão, medo.”

(Fabrício Carpinejar, jornalista e escritor brasileiro)

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Conta ponto saber fazer coisinhas...

Nicole Etiènne

“Conta ponto saber fazer coisinhas: ovos mexidos, camarões, sopinhas, molhos, strogonoff – comidinhas para depois do amor.
E o que há de melhor que ir pra cozinha e preparar com amor uma galinha com uma rica e gostosa farofinha, para o seu amor?”

(Vinícius de Morais, em Para viver um grande amor)

terça-feira, 1 de agosto de 2017

O melhor caminho para...

Ellen Heck

“O melhor caminho para a paz nas redes sociais é deixar fogueiras e apedrejamentos para os tempos da Inquisição. Na maioria das vezes, as pessoas não disseram nem fizeram nada tão monstruoso quanto imaginamos.”

(Leandro Narloch, jornalista, filósofo e escritor brasileiro)

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Tipo da coisa que exige...


“Tipo da coisa que exige um pouco de paixão é cozinha. Qualquer paixão, qualquer ilusão. E você pega a cebola com mais amor, o cheiro do alho não aborrece, descobre tons na carne, sente a matéria nos dedos, a consistência de tudo é mais agradável, entende o ingrediente. De má vontade tudo é uma pequena repulsa, tem que domar os seus próprios instintos de jogar no lixo e ir chorar na porta, olhando o quintal cheio de folhas, limpando os olhos com a ponta do avental.”

(Nina Horta, colunista de gastronomia)

sexta-feira, 28 de julho de 2017

As águas vão rolar...

Linda Kyser Smith


As águas vão rolar, não vou chorar
Se por acaso morrer do coração
É sinal que amei demais

Mas enquanto estou viva e cheia de graça
Talvez ainda faça um monte de gente feliz

(Rita Lee, na música Saúde)

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Quem um dia irá dizer...

Marc Chagall

Quem um dia irá dizer que existe razão
Nas coisas feitas pelo coração?
E quem irá dizer
Que não existe razão?

(Legião Urbana, na música Eduardo e Mônica)

quarta-feira, 26 de julho de 2017

26 de Julho - Dia dos Avós


Fizemos na vida ingrata
do nosso amor um tesouro:
os filhos nos deram prata!
Os netos nos deram ouro!

(José Maria Machado de Araujo)

terça-feira, 25 de julho de 2017

25 de Julho - Dia do Escritor

M. C. Escher


“Quando se trata de literatura, a beleza do estilo, a musicalidade das frases têm sua importância; a profundidade da reflexão do autor, a originalidade de seus pensamentos não são de desprezar; mas um autor é antes de tudo um ser humano, presente em seus livros; que escreva muito bem ou muito mal, em última análise, importa pouco, o essencial é que escreva e esteja, de fato, presente em seus livros…”

(Michel Houellebecq, em Submissão)

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Eu já desculpei muita coisa...

Edouard Manet

Eu já desculpei muita coisa
Você não arranjava outro igual
Desculpe, Marina, morena
Mas eu tô de mal
De mal com você.

(Dorival Caymmi, na música Marina)

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Me cansei de lero-lero...

Monika Aladics

Me cansei de lero-lero
Dá licença, mas eu vou sair do sério
Quero mais saúde
Me cansei de escutar opiniões
De como ter um mundo melhor

Mas ninguém sai de cima, nesse chove-não-molha
Eu sei que agora eu vou é cuidar mais de mim

(Rita Lee, na música Saúde)

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Dia Internacional da Amizade

Arthur John Elsley

"Um amigo fiel é como uma alma em dois corpos."
(Sócrates)

"Todas as glórias deste mundo não valem um amigo fiel."
(Voltaire)

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Eu não sei se vem de Deus...

Felice Casorati


Eu não sei se vem de Deus
Do céu ficar azul
Ou virá dos olhos teus
Essa cor que azuleja o dia

(Djavan, na música Azul)

Ocorreu um erro neste gadget