terça-feira, 8 de março de 2016

Dia Internacional da Mulher

Albert-Jan Cool


Odeio as virgens pálidas, cloróticas,
Beleza de missal que o romantismo
Hidrófobo apregoa em peças góticas,
Escritas nuns acessos de histerismo.

Sofismas de mulher, ilusões óticas,
Raquíticos abortos do lirismo,
Sonho de carne, compleições exóticas,
Desfazem-se perante o realismo.

Não servem-me esses vagos ideais
Da fina transparência dos cristais,
Almas de santa e corpo de alfenim.

Prefiro a exuberância dos contornos,
As belezas da forma, sem adornos,
A saúde, a matéria, a vida enfim.

(Carvalho Júnior, poeta parnasiano brasileiro, em Profissão de Fé)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget