segunda-feira, 20 de junho de 2016

A consciência de uma planta...

Esaú Andrade

“A consciência de uma planta no meio do inverno não está voltada para o verão que passou, mas para a primavera que irá chegar. A planta não pensa nos dias que já foram, mas nos que virão. Se as plantas estão certas de que a primavera virá, por que nós – os humanos – não acreditamos que um dia seremos capazes de atingir tudo o que queríamos?”

(Khalil Gibran, escritor e poeta libanês)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget