segunda-feira, 25 de abril de 2016

Eu amo a minha liberdade...

François Fressineir

“Eu amo a minha liberdade, amo a honestidade das pessoas, não a considero uma virtude, mas sim, um compromisso. Gosto de ter amigos, ainda que poucos, porém pessoas raras, incomuns, loucas de preferência (...) Acredito no amor universal e nas pessoas que o exercitam, as demais ignoro e lamento!”

(Clarice Lispector, no livro Água Viva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget