quarta-feira, 6 de julho de 2016

Coroada de névoas...

Gina Blickenstaff

Coroada de névoas, surge a aurora
Por detrás das montanhas do oriente;
Vê-se um resto de sono e de preguiça,
Nos olhos da fantástica indolente.

(Manhã de Inverno, de Machado de Assis)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget