quarta-feira, 13 de julho de 2016

É a sua vida que eu quero...

Elin Danielson Gambogi

É a sua vida que eu quero bordar na minha
Como se eu fosse o pano e você fosse a linha
E a agulha do real nas mãos da fantasia
Fosse bordando ponto a ponto nosso dia-a-dia

E fosse aparecendo aos poucos nosso amor
Os nossos sentimentos loucos, nosso amor

(A linha e o linho, de Gilberto Gil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget