terça-feira, 6 de setembro de 2016

Ah, se eu fosse marinheiro...

Cláudia Barbosa


Ah, se eu fosse marinheiro
Seria doce meu lar
Não só o Rio de Janeiro
A imensidão e o mar

Leste oeste norte e sul
Onde um homem se situa
Quando o sol sobre o azul
Ou quando no mar a lua

Não buscaria conforto
Nem juntaria dinheiro
Um amor em cada porto
Ah, se eu fosse marinheiro.

(Maresia, de Adriana Calcanhoto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget