segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Ando tão à flor da pele...

Clay Olmstead

Ando tão à flor da pele
Qualquer beijo de novela me faz chorar
Ando tão à flor da pele
Que teu olhar flor na janela me faz morrer

Ando tão à flor da pele
Meu desejo se confunde com a vontade de não ser
Ando tão à flor da pele
Que a minha pele tem o fogo do juízo final


(Flor da pele, de Zeca Baleiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget