segunda-feira, 29 de maio de 2017

Fico angustiada...


“Fico angustiada com todo esse frenesi, mesmo que isso quase sempre seja o prenúncio de um lucro excepcional. É preciso correr de um lado para outro sem parar, se você não quiser se atolar com o trabalho. (...) sem se esquecer de se postar ao lado do pires de gorjeta sempre que possível. ‘Obrigada, até logo.’ ‘Obrigada, bom dia.’ ‘Olá, obrigada, até logo.’ É que muitos não dão nada se não houver alguma testemunha para constatar sua generosidade. Tialogismo número quatro: ‘Mendigo ausente, caixinha vazia’.”

(Jean-Paul Didierlaurent, no livro O leitor do trem das 6h27)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget